segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Shemá no futebol



O video que vemos é do lance do gol e posterior comemoração do jogador Itay Schechter,do clube Hapoel Tel Aviv,em jogo vencido por 3 X 2 contra o Red Bull Salzburg. Após marcar o gol,o jogador retirou da meia uma kipá com o simbolo do clube,presente que recebeu de um torcedor no aeroporto,colocou a kipá sobre a sua cabeça e recitou o shemá israel;o juiz da partida,o portugues Pedro Proença lhe deu cartão amarelo por causa da comemoração. A kipá foi um presente do torcedor Moshe Zinger,um religioso de 60 anos de idade,que apesar de estar com cancer viajou para Salzburg apenas para assistir o time de seu coração. Segundo Zinger,ver o jogador colocar a kipá que ele havia dado de presente e a vitoria do Hapoel,lhe trouxe tamanha alegria e revitalização que se fosse examinado hoje,os medicos iriam achar que ele está saudavel. O jogador Itay Schechter,que não sabemos se tem algum parente rabino no Rio de janeiro,disse que não teve qualquer tipo de segunda intenção ao colocar a kipá e de forma alguma quis provocar. Já a diretoria do Hapoel Tel Aviv mandou fabricar 20 mil kipot iguais a que o jogador usou,vermelhas e com o emblema do clube,para presentear seus torcedores no proximo jogo,semana que vem. E se essa moda pega? Apoiamos essa ideia.
No aeroporto,o orgulhoso torcedor Moshe Zinger e o jogador Ytay Schechter.

 
.... - .. ., .