quinta-feira, 30 de junho de 2011

BENÇÃO DE HA MAPIL



Bendito sejas Tu,Eterno D'us,Rei do Universo,que causa a vontade do sono aos meus olhos e a sonolência ás minhas pálpebras,e que ilumina a pupila dos meus olhos,Seja do Teu agrado,Eterno,D'us meu e D'us de meus pais,que me faças deitar em paz e que me faças levantar novamente para uma boa vida e para a paz; e que não me pertubem sonhos maus e maus pensamentos; e que seja a minha cama plena perante Ti; e ilumina os meus olhos para que eu não durma o sono da morte. Bendito sejas Tu,Eterno que iluminas todo o Universo com Tua glória.


Antes que se va dormir, deve-se recitar não só o Shemá, mas também a Beracha de "Ha'mapil chevlei sheina Al einai…" Originalmente, este Beracha foi instituída para ser recitado com "Shem U'malchut", ou seja, com a frase, "hashem elokenu melech Ha'olam". No entanto, muitos têm a prática de recitar esse Beracha sem "Shem U'malchut"; Esta é a posição do Ben Ish Chai (rabino Yosef Chayim de Bagdá, 1835-1909), e trata-se de nossa prática. E mesmo essas autoridades que necessitam de recitar o Beracha com "Shem U'malchut" concordam que o Beracha não é recitado se vai dormir depois de Chatzot (meia-noite conforme definido pelo Halacha).


Antes de ir dormir também deve-se recitar a declaração, "Ribono Shel Olam Hareni Mochel Ve'solei'ach…", impresso no Siddurim. Nesta declaração ele concede perdão a todos que lhe causarão danos em qualquer ponto durante esse dia. A origem desta prática é a conta da Guemará que Mar Zutra diria que todas as noites antes de dormir, "Shari Lei Le'man De'tza'aran" – "Eu perdoo todos que me causarão aflição".


No entanto, Chacham Bentzion Abba Shaul (Israel, 1924-1998) escreve que uma pessoa deve recitar esta declaração só se ele sinceramente concede perdão para quem tem prejudicado-lo. Se uma pessoa tem uma queixa no sentido de um indivíduo para que ele ainda não está disposto a perdoar, ele deve omitir esta recitação. Ele deve recitá-lo somente quando ele se sente capaz de perdoar sinceramente o indivíduo para o erro cometido contra ele.


Resumo: Antes de ir dormir deve-se recitar o Shemá e Beracha de Ha'mapil, que, de acordo com o nosso costume, deve ser recitado sem a frase "hashem elokenu melech Ha'olam". Além disso, você deve declarar seu perdão para quem tem prejudicado-lhe recitando "hareni mochel"; se você ainda não perdoou um determinado indivíduo, você não deve recitar esta declaração até que tenha na verdade concedido perdão sincero.

 
.... - .. ., .